Construtoras investem na zona norte de Porto Alegre

Importantes obras de infraestrutura, ligação estratégica com a Região Metropolitana e alta densidade populacional fazem da região o principal alvo estratégico do mercado imobiliário em 2013.

Destino de milhares de pessoas que circulam por suas ruas e avenidas diariamente e elo entre Porto Alegre e a Região Metropolitana, a Zona Norte da capital, pelos motivos citados, já estimularia um interesse óbvio de investidores. Hoje, com suntuosos projetos de lazer e infraestrutura, que facilitam o fluxo para a região – como a duplicação de avenidas, construção da Arena do Grêmio, ampliação do Aeroporto Internacional Salgado Filho, futuro Metrô, novos shoppings e hipermercados –, o local deixou de ser uma promessa de importantes obras e se tornou uma realidade, sendo disputado pelas grandes incorporadoras, que classificam a região como a de maior interesse estratégico para os negócios imobiliários da cidade em 2013.

“Esse cenário de valorização favorece o surgimento de empreendimentos com localizações cada vez mais atrativas. É o que se nota nos lançamentos recentes: o You!, na Rua Engenheiro João Luderitz, junto ao Jardim Planalto e próximo do Parque Germânia; o Grand Square, na Avenida Sertório, ao lado do Shopping Porto Alegre CenterLar; e o Terrabela Planalto, na nova Rua Tenente Ary Tarragô, que vai ser duplicada para facilitar o acesso e o fluxo na via“, explica Ricardo Jornada, diretor comercial da Goldsztein Cyrela.

Além dos lançamentos citados por Jornada, destacam-se o Lindoia Square, entregue em 2012 no Jardim Lindoia; o Punto Riserva Lindoia, que deve ser finalizado neste ano; e o Ventura Clube de Morar, junto ao Center Lar, que trouxeram valorização às imediações onde foram erguidos. Segundo o engenheiro civil Bruno Assunção, da Nex Group, outros atrativos da Zona Norte são os bairros planejados. “Alguns deles, como o Jardim Europa e o Vila Germânia, são novas concepções de desenvolvimento que estão afirmadas e que deverão prevalecer nos próximos anos, tornando-se um atrativo para a classe alta. Além disso, o bairro Humaitá, por exemplo, tem grande potencial, principalmente para edificações voltadas à classe média“, diz Assunção.

Chama a atenção também o aumento do hibridismo entre os prédios residenciais e os comerciais, os chamados trends, como ressalta Newton Zelihmann, sócio-diretor da DLegend. “Eles têm levado cada vez mais pessoas a morar e trabalhar nessa região. A complementaridade e centralidade, trabalho e moradia no mesmo local, fazem toda região crescer. Diversos empreendimentos multiúso estão para ser lançados, com lojas (mall), conjuntos e apartamentos de qualidade e projetos cada vez melhores.”

Passo da Areia: novo Bela Vista?

Entre os bairros da Zona Norte, um dos mais promissores hoje em termos de crescimento e qualidade de vida é o Passo da Areia. Pela geografia e pelo perfil das incorporações, é comparado ao bairro Bela Vista, que figura entre os mais cobiçados da capital. Os especialistas reconhecem o potencial do Passo da Areia e salientam que se encaminha para ocupar um lugar de destaque em Porto Alegre. “Esse já é um bairro que impressiona, com ótimas praças, grandes conjuntos residenciais de alto padrão, um novo shopping center, o consulado americano. Tudo se encaminha para a sua consolidação como uma das áreas mais valorizadas da cidade”, acredita André Salvaterra, da Imobiliária Zona Norte Ltda.

“É crescente o interesse em viver lá e a consequente valorização dos imóveis. Grande oferta de serviços, parques, ruas arborizadas e planejamento urbano são alguns dos fatores positivos da região. O futuro metrô também é um motivador e mostra a qualidade do Passo da Areia”, complementa Ricardo Jornada.

Garantia de bom negócio

Para Marcos Colvero, diretor de incorporações da Melnick Even, investir na Zona Norte é certeza de bom negócio. Segundo ele, o único fator negativo é o trânsito intenso nos horários de pico, que deve ser atenuado com as obras de mobilidade urbana que vêm sendo desenvolvidas.

“Sob a perspectiva de moradia, ou mesmo trabalho, são muitos os fatores positivos. A área se destaca pela grande quantidade de comércio e serviços instalados, o que traz comodidade. A condição de acesso à região também é muito boa – com diversas linhas de ônibus com corredores exclusivos e o Terminal Triângulo como integrador das mesmas –, boas avenidas facilitando a entrada e saída da cidade, além da futura implantação do metrô”, resume Colvero.

O crescimento do setor de serviços, varejo e entretenimento é uma consequência direta do aumento da densidade populacional, decorrente da entrega de novos condomínios residenciais. Se por um lado grandes empreendimentos modificaram o perfil dessa região, há também uma vasta gama de pequenos investidores que estão lucrando com a revitalização. São lojas de rua, bares, padarias e outras atividades comerciais que oferecem conveniência e convívio social. O comércio da Zona Norte tem atendido não apenas a comunidade local, mas também a população que se desloca para a Região Metropolitana, e o fato de restaurantes, bares e shoppings, como o Bourbon Wallig, estarem migrando para a região é a confirmação do crescimento.

As famílias procuram nos arredores a proximidade, e isso gera, de acordo com Ricardo Jornada, uma espiral de valorização. “Cada novo investimento imobiliário gera um novo volume de demanda e sinergia entre os agentes, criando um claro desenvolvimento no sentido de qualidade e quantidade da infraestrutura de cada bairro. São oportunidades que se relacionam a uma série de transformações da região. Além disso, a Zona Norte tem vocação para um desenvolvimento econômico diversificado e para a expansão do mercado imobiliário,” conclui.

“A alta densidade populacional e a elevação do poder de consumo dos habitantes dessa região são fatores importantes, bem como a proximidade com o eixo de ligação com a cidade e a Grande Porto Alegre. Só vemos pontos positivos, mas sem dúvida será importante investir em infraestrutura. Só o metrô não basta, teremos que fazer mais adequações quanto à mobilidade urbana até lá“, conclui Newton Zelihmann, sócio-diretor da DLegend.

Fonte: http://revista.penseimoveis.com.br/especial/rs/editorial-imoveis/19,0,4114314,Construtoras-investem-na-zona-norte-de-Porto-Alegre-antes-da-Copa.html

Desenvolvido por DT Author Box

Por Imobi News

Imobi News